Cansado de perder os pontos do cartão? Dicas infalíveis para viajar mais


ganhar mais pontos no cartão

Esse é um problema muito comum. Estamos cansados de responder pessoas que nem se quer sabem que existem pontos do cartão de crédito. A estimativa é que 18% de todos os pontos emitidos no Brasil acabam parando no lixo.

Quase todos os bancos contam com seu programa de fidelidade que podem ser trocados por produtos, milhas aéreas, viagens e até mesmo dinheiro. Mas a função deste post não é te convencer das vantagens dos pontos. Vamos ensiná-lo algumas dicas para ampliar seu saldo e não perder nenhuma oportunidade de emitir uma passagem sem gastar nada.

Então, pode pegar o papel e caneta, que vamos as dicas.

1º Conheça as regras do seu Banco

Falamos tudo isso e vai ver seu cartão nem conta com funcionalidades para acumular pontos. Nubank e Santander Free são os principais exemplos de cartões sem programa de pontos.

Essa é a hora inclusive de você repensar seu banco. Não tem jeito, vai precisar um pouco de matemática. O cálculo é simples: estime seu gasto mensal no cartão, multiplique pelo índice de a acumulo de milhas. Verifique quanto elas valem com o formulário de cotação aqui no site da CSM e subtraia o valor da anuidade.

Para te ajudar, a revista Exame fez um levantamento foda com os melhores cartões para acumular milhas. Confere lá.

2º Planeje-se para o resgate

Acessa lá o shopping do programa. Escolha o prêmio que você deseja resgatar, ou o programa aéreo para o qual você deseja transferir os pontos do cartão. Pense quantos pontos você precisa acumular por mês e se possível dentro do prazo de validade dos pontos.

Este é o momento de você estabelecer metas de gastos no cartão e começar a pagar todas as suas compras e faturas com ele. Uma bala, um picolé, as contas de água. Tudo é válido para juntar pontos no cartão.

3º Centralize suas despesas em um único cartão

As vezes o prêmio que você deseja pode ter um custo bem alto. O que acarretará em um tempo até conquistar o mínimo de pontos necessários. Quanto mais dispersos estiverem seus pontos, mais provável que você não consiga completar o mínimo para realizar um resgate e tenha seu saldo subtraído pela instituição financeira.

Essa dica também vale para os programas de fidelidade aéreo. Escolha seu favorito e centralize todas suas milhas e pontos do cartão nele.

Para escolher o melhor programa, leia nosso texto.

4º Acompanhe promoções para ampliar os pontos do cartão

O principal dessa dica é a opção de bônus para transferência de pontos para o programa de fidelidade aéreo. Existem casos que a transferência pode chegar a 100% de bônus.

Sobretudo para clientes do Banco do Brasil e Bradesco, que acumulam pontos no Livelo.

Existe também uma possibilidade especial para correntistas do Itaú que podem dobrar os pontos mediante pagamento de 4% do valor da fatura.

Para quem quer começar a conhecer melhor sobre seu cartão, pode ler os seguintes textos.

Como escolher o melhor cartão do Banco Itaú

Como utilizar o Livelo para clientes BB e Bradesco