Compra de milhas – 5 táticas infalíveis para dobrar seus pontos do cartão


5 táticas para não comprar milhas

A compra de milhas é uma despesa indesejada por qualquer viajante. Afinal, você já passa o ano inteiro gastando fortunas em um cartão de crédito parceiro, para que você possa conseguir uma viagem, ou o dinheiro da venda de milhas. Além disso, são poucas as situações em que comprar milhas é mais vantajoso que pagar sua passagem no dinheiro.

 

Se você já sabe como aproveitar seu cartão, aconselho nosso texto sobre como cadastrar milhas após uma viagem.

 

Mas se você é um iniciante na compra de milhas e nas viagens com pontos, aconselho a seguir com a gente, que vamos ensinar:

 

1 – Porque pagar tudo no crédito

2 – Quantos cartões você precisa ter

3 – Como pagar suas contas

4 – Onde fazer suas compras

5 – Quando trocar seus pontos por milhas

 

Segue com a gente e não tenha mais despesas com a compra de milhas.

 

Tática 1 – Não tenha dúvida ao responder crédito, ou débito

Pague sempre com o crédito

Os cartões de débito, salvo raríssimas exceções, não te ajudam a acumular milhas. Da mesma forma cartões de crédito sem taxa de anuidade. Para viajar sem colocar a mão no bolso, opte sempre por pagar no crédito.

 

Além dos pontos esse meio de pagamento, garante maior proteção a suas compras e principalmente viagens e em lojas virtuais.
Mas atenção, você precisa avaliar bem se a anuidade compensa o retorno em milhas. Para que você não erre nesta hora, confira nossa equação de como escolher o melhor cartão de crédito.

 

Tática 2 – Quanto menos cartões, melhor

Menos cartões para acumular milhas

Para viajar ou vender milhas, é necessário um saldo mínimo de pontos. Na CSM, a regra é que o cliente tenha 30 mil milhas para que possamos realizar a compra.

Nem sempre é fácil atingir esse montante. Por isso, o ideal é que você centralize suas compras em um único cartão.

 

Veja nosso tutorial sobre como acumular pontos Livelo

Tática 3 – Pague suas contas para evitar a compra de milhas

 

Muita atenção neste ponto. As vezes, você pode ter um acréscimo de IOF em suas contas de água e luz para pagar com o cartão de crédito.
Para que você ganhe as milhas sem correr esse risco, o ideal é manter a data de vencimento de todas suas faturas bem próximas.

 

Leia também nosso artigo sobre milhas, ou cash back.

Tática 4 – Conheça os parceiros do seu programa

mais pontos com lojas parceiras

As viagens e gastos com o cartão são as principais formas de evitar a compra de milhas. Mas estão longe de serem as únicas. A Multiplus, por exemplo, conta com mais de 400 parceiros para turbinar seu saldo de pontos. E eles, em regra, garantem mais milhas que seu cartão.

 

Quando você compra com o cartão de crédito em um e-comerce parceiro, ganha duas vezes, as milhas do cartão e aquelas do parceiro não bancário.

 

Aproveite para conhecer o JáCotei aplicativo que pesquisa o preço e as milhas a ganhar com cada produto.

Tática 5 – Você pode dobrar suas milhas por ser paciente

Seja paciente para ganhar milhas

Todos os dias, um dos três grandes programas de fidelidade aéreo lança uma promoção para você transferir os pontos do cartão de crédito.
Em alguns casos, o bônus chega a 100% do saldo de pontos em programas como Livelo, Sempre Presente e Santander Esfera.

 

Então seja paciente, e acompanhe por no mínimo um mês as promoções para transferência do seu cartão e escolha o maior bônus para fugir da compra de milhas.

 

Não deixe de ler nosso post com 4 dicas para não perder pontos do seu cartão de crédito