Compra de milhas: ABEMF lista seis passos para dobrar seus pontos


compra de milhas nunca mais

Tem programa de fidelidade para tudo quanto é gosto. Postos de gasolina, livrarias, supermercados, praticamente todos os bancos e companhias aéreas. Mas ainda assim, muita gente não consegue acumular os pontos necessário e acaba tendo de comprar milhas para resgatar a viagem de fim de ano.

Para evitar que você tenha que colocar a mão no bolso para resgata a próxima viagem, a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização, quem mais entende de compra de milhas, listou seis passos para você dobrar seus pontos e não ter mais de comprar milhas.

1 – Inclua o acumulo de milhas em seus hábitos

Pesquise os preços de diversas lojas e escolha o melhor preço. Se houver mais de uma opção no mesmo valor, escolha aquele com a melhor opção em acumulo de milhas. Inclusive adicionamos uma dica neste ponto para você ler nossa matéria sobre o JáCotei. Um aplicativo semelhante ao Buscapé, mas pesquisa preços e acumulo de milhas no Smiles e Multiplos.

JáCotei para reduzir gastos com compra de milhas

Além disso, não dispense uma única oportunidade de pagar com o cartão de crédito. Ainda que seja um picolé, ele pode te deixar uma milha mais próxima da próxima viagem.

2 – Gaste mais em menos cartões

Todos os programas aéreos exigem um mínimo de milhas para que você realize as transferências de pontos do cartão de crédito. Esse limite não é tão fácil de se atingir quanto você pode ter pensado. Por isso, o ideal é que você concentre o máximo de pontos no mínimo de cartões de crédito.

Considerando isso, não podemos deixar de indicar nosso texto com o Mestre das Milhas sobre os melhores cartões para acumular pontos.

Cartões de crédito para economizar na compra de milhas

3 – Use seus pontos e evite a compra de milhas

O maior medo de qualquer milheiro é ter os pontos estornados pela companhia. Isso acontece com 18% dos usuários de programa de fidelidades do Brasil e obriga mais pessoas a comprarem milhas e pontos.

O que sai bastante caro. Então não espere demais para usar seus pontos. Não se limite a passagens. Você pode resgatar produtos no shopping virtual da Multiplus, ou Smiles, ou vender suas milhas com o formulário da CSM.

4 – Viagem não é só para gastar milhas

As viagens perderam um pouco do seu brilho com a ascensão do cartão como principal mecanismo para acumular pontos. Mas as passagens aéreas, diárias em hotel, e outros serviços da sua viagem podem te ajudar a acumular mais pontos.

5 – Fique atento a validade dos pontos

Essa dica se assemelha um tanto com a terceira, então evitaremos ser redundantes e pularemos a descrição.

6 – Proteja seus dados cadastrais

Muito cuidado com sua senha e logim do programa de fidelidade. Caso eles caiam na mão de terceiros, eles terão poder para jogar todos seus pontos no lixo.

Principalmente quando for vender suas milhas, verifique se a empresa, ou pessoa adota todos os procedimentos de segurança para resguardar seu pontos, que estão listados em nosso texto sobre como vender milhas sem riscos.