Vender milhas aéreas vale a pena? Veja o que o diz o “Pé na Trilha”


dicas do blog para vender milhas

Se você ama viajar e fica contando suas milhas para o próximo embarque já deve ter se incomodado com uma dúvida cruel: embarcar, ou vender milhas. O “Pé na Trilha” é desses que ama uma viagem. Passeios de bike, camping, corridas, escaladas. Tudo isso é com eles, mas com relação as milhas, o que será que eles pensam. Confira nosso post, que a CSM vai dar uma garimpada nas melhores sacadas deles.

O primeiro momento apontado pelos blogueiros é comum a vida de todos os viajantes, quando você demora muito para conseguir acumular as milhas necessárias para conseguir o embarque dos seus sonhos. Demora tanto, que chega bem perto do vencimento das milhas e ainda não acumulou a milhagem necessária para a viagem. Nessa hora, os escritores são incisivos, vender milhas é a melhor opção.

Quanto a legalidade, a resposta também é incisiva: “vender milhas não é uma prática ilegal”.

Como funciona o processo de venda de milhas?

Acontece que as empresas de fidelidade, como Multiplus e TudoAzul, proíbem em seus regulamentos que os clientes transfiram suas milhas para outros usuários, o que é errado, mas é assunto para outros posts. Porém, não existe nenhuma objeção a utilizar suas milhas para adquirir uma passagem para outras pessoas.

O que empresas como a CSM fazem é conectar as pessoas que possuem milhas, mas não possuem pretensão de viajar, ou resgatar um prêmio com aquelas que desejam viajar e não possuem milhas suficientes para tanto.

Cuidados que você deve tomar antes de vender milhas

Com os preços das passagens cada vez mais altos é crescente a busca por serviços de compra e venda de milhas. Nós até adicionamos um ponto a fala dos blogueiros do Pé na Trilha que a muitas vezes a venda é mais vantajosa e gera uma economia com relação ao resgate, mesmo para quem almeja a um voo.

Mas antes de decidir vender milhas para uma empresa, eles enumeram alguns cuidados que disporemos em uma tabela:

1 – Verifique se a empresa possui endereço físico

2 – Verifique avaliações da empresa no Reclame Aqui e no Facebook

3 – Troque sua senha após o fim da operação

4 – Verifique os termos de uso dos sites.

Após realizar todos esses passos, você deve ter chegado à conclusão que o site da CSM Milhas total segurança e a melhor infraestrutura para você vender seus pontos.