Vender milhas Azul: as formas de acúmulo no programa da Azul


vender milhas azul

Os pontos do seu programa de fidelidade TudoAzul podem se tornar (muito!) dinheiro. Para vender milhas Azul, você precisa acumular uma boa quantidade para que a sua cotação seja elevada. Por mais que pareça ser uma tarefa cansativa, juntar seus pontos no seu programa é bem fácil. Seu saldo pode ser preenchido sem que você sofra tanto.

 

Para isso, você precisa respeitar alguns métodos se deseja de fato ter um bom saldo para vender milhas Azul. Não sabe como? Não seja por isso. Nesse post, explicaremos todos os detalhes que você precisa para ter uma ótima cotação. Se você está com receio de não ter um bom dinheiro na hora de negociar seus pontos, depois dessa leitura você terá toda a tranquilidade para garantir a sua renda extra.

 

Para ter milhas Azul, viaje com a Azul

 

O primeiro passo para vender milhas Azul em um bom preço é acumulando pontos. E, para acumular muitos pontos, você tem que viajar com a companhia aérea do seu programa de fidelidade. Os pontos do programa de fidelidade se chamam milhas por representar a unidade de medida dos voos. Cada vez que uma milha é viajada, os pontos se acumulam.

 

É dessa forma que você irá conseguir os pontos do jeito mais fácil. Tente, sempre que possível, alongar a distância dos seus voos. Conexões são uma ótima forma de aumentar a distância e consequentemente ter milhas aéreas. Se for fazer uma viagem internacional, procure as companhias parceiras da Azul para também ter milhas.

 

Cartões de crédito para quem quer pontos

 

Os cartões de crédito também te ajudam a vender milhas Azul. Na média padrão do mercado, os plásticos dos bancos permitem o acúmulo de um ponto a cada dólar gasto. Para quem concentra as compras do cartão de crédito, é uma forma bem útil de se ter muitos pontos de saldo.

 

Existem também os cartões cobranded, que são cartões feitos em parceria com os bancos e os programas de fidelidade. A TudoAzul oferece alguns desses cartões, que chegam a pontuar duas vezes mais que o mercado. Dependendo da categoria, são 2,3 pontos a cada dólar gasto. O acúmulo fica ainda mais fácil com esse cartão em mãos.

 

Lojas parceiras: aliadas dos pontos

 

Não são só os cartões de crédito que irão te auxiliar a vender milhas Azul. As lojas parceiras também são sua aliada para juntar mais pontos no cartão da companhia aérea. São vários os e-commerces que permitem o acúmulo, que chega a ser no valor de 4 pontos por real. Dependendo da semana, esse valor pode aumentar ainda mais devido as promoções oferecidas. Fique sempre de olho no site da sua companhia.

 

Na hora de vender milhas Azul, procure a CSM

 

Uma cotação boa necessita de uma empresa confiável e que paga um bom valor. Não é bom que você pegue uma operadora de milhas novata para vender milhas Azul. Procure quem tem mais de 15 anos de experiência no mercado. Procure a CSM! Aqui, negociar suas milhas valerá muito mais.