Dólar baixo estimula o acumulo e te ajuda a vender milhas!


dólar baixo estimula você a vender milhas

Abemos comemorações! Após longos períodos de ansiedade que abalou o mercado para vender milhas e fez famílias brasileiras adiarem seus planos de embarque o dólar finalmente reestabeleceu valores “confortáveis”. Não é para tanto, confortável poderia ser um eufemismo, considerando a cotação desta quarta-feira, dia 9, quando a moeda norte americana estacionou nos 3 reais e 23 centavos. Porém, para quem viu no início deste mesmo ano, as notas estadunidenses valerem 3 reais e 94 centavos, sabem o quão reconfortante foi a queda.

Para os viajantes a queda foi o fim da espera pela viagem ao exterior, que já teve aumento nas procuras de acordo com o G1 economia, foi também o retorno dos grandes saldos de milhas aéreas, pois os pontos fornecidos pelas companhias de fidelidade, como TudoAzul, Multiplus e Smiles tem seu valor fixado em função da moeda norte americana.

Tem um ditado que afirma que tudo fica mais simples com um exemplo, para não deixar que nenhuma ideia permaneça obscura, ilustraremos como funciona a acumulação de milhas aéreas. Com Cartão TudoAzul Itaucard Platinum, certamente um dos melhores para você juntar milhas Azul, oferece aos clientes 1,5 pontos TudoAzul para cada dólar gasto em qualquer tipo de empresa e 2,5 pontos para os dólares gastos com a Azul. Suponhamos que você tenha uma fatura média mensal de 3.230 reais. Caso o dólar se mantenha estável neste mês, você ganhará 1.500 milhas Azul, ao fim do ano, seriam 18 mil milhas Azul, se você não viajar pela Azul. Com a cotação do início de 2016, seriam 1.230 milhas por mês. Ao fim do ano você teria menos de 15 mil milhas aéreas.

Como ficaria meu bolso ao vender milhas aéreas?

No primeiro caso, com o dólar a 3,23 centavos, você poderia obter 180 reais ao fim do ano, só pelos gastos com o cartão, sem considerar qualquer outra fonte de milhas, como os programas de fidelidade dos postos de Gasolina. Falando nisso, não deixe de ler nossos textos sobre como vender milhas do KM de Vantagens e do Petrobras Premmia.

Caso o dólar estivesse em 3,94 centavos, como ocorreu no início do ano, a mesma pessoa com gastos de 3.230 reais mensais por mês no cartão TudoAzul ganharia menos de 150 reais ao vender milhas para a CSM. Ampliando os prazos e as rendas, além de agregar os pontos provenientes dos principais parceiros do programa, a diferença se tornará ainda mais expressiva.

Para os viajantes que optarem por resgatar milhas aéreas, o ganho é expressivo da mesma maneira.

Única escolha correta para vender milhas aéreas

Na hora de vender milhas aéreas, existe uma única escolha correta, independente dos valores do dólar: a CSM é a melhor opção para seu pontos e milhas. Com o formulário no topo dessa página, você coloca a quantidade de milhas que deseja vender. Em instantes receberá uma proposta para vende milhas. Caso confirme a venda, é só esperar o dinheiro cair em sua conta e planejar sua próxima viagem para exterior. Para isso, vale esperar por um dólar baixo.