Clientes ainda se esquecem de usar milhas e pontos


Se você faz poucas viagens é até natural que acabe esquecendo as milhas que acumulou através dos programas de fidelidade e, quando se dá conta, o prazo de validade das milhas está expirado e descobre que elas não podem mais ser utilizadas.

Pode parecer difícil de acreditar, afinal, conforme a quantidade acumulada, a pessoa poderá vende-las, trocar por novas passagens ou mesmo, trocar por produtos específicos que são oferecidos por empresas conveniadas aos programas de fidelidade. Mas, mesmo com o grande número de possibilidades, simplesmente alguns se esquecem. E, infelizmente não há o que fazer.

(Veja também: Quando vender ou trocar suas milhas aéreas)

Fique atento: faça um controle rígido de suas milhas aéreas e acompanhe a validade, tanto das milhas recebidas ao viajar, como os pontos que podem ser obtidos ao efetuar compras com cartões de crédito, ao fazer o abastecimento de veículos, entre outros.

As milhas, ou pontos, que você acumula não precisam obrigatoriamente ser utilizadas apenas na compra de novas passagens, também podem servir para conseguir descontos em compras, ou podem ser vendidas, gerando algum dinheiro extra, se você não tem uma programação de viagem.

Quase tudo que você consome pode render pontos, seja através da forma de pagamento, ou mesmo, ao adquirir produtos específicos (por ex. Construtora premia compradores de novos apartamentos com milhas) – e em todos os casos, milhas ou pontos, terão uma data limite de uso.

Milhas aéreas: pontos perdidos

Como estamos ainda no início de 2015 não existe um levantamento sobre o total da perda de milhas aéreas em 2014. Os dados apurados, no entanto, sobre o ano de 2013 mostram que pelo menos 100 bilhões foram perdidos, milhas que poderiam ser utilizadas e simplesmente foram esquecidas. Essa quantidade de milhas com o prazo expirado serviriam para emitir pelo menos 5 milhões de passagens entre o Brasil e qualquer país latino-americano.

A maior parte dessa perda aconteceu com os clientes que acumularam milhas com o cartão de crédito e a explicação é somente uma: os clientes se esqueceram de fazer o resgate de pontos e o prazo de validade expirou. Assim, todo o crédito retornou para as companhias, sem beneficiar os principais interessados, os usuários de cartões e programas de fidelidade.

Se você possui cartão de crédito, possivelmente está acumulando milhas e caso nunca a tenha e acumular pontos para trocar por milhas aéreas, fique sempre atento. Não se esqueça de consultar, em suas compras, se há algum crédito de pontos e procure sempre trocá-los por milhas aéreas, verificando também o prazo de validade.

Milhas aéreas: não espere para trocar ou vender

Se você não se lembrar de converter os pontos em milhas, pode perder o que acumulou. Não fique também esperando conseguir o número de pontos necessários para efetuar a troca por uma nova passagem, analise, você pode comprar com a própria companhia aérea os pontos faltantes. A compra adicional de pontos costuma ter o valor elevado e os prazos para conversão dos pontos para milhas, assim como a troca por uma nova passagem, variam de empresa para empresa.

Se os planos são de realmente fazer uma nova viagem, considere adquirir uma nova passagem emitida com milhas, apear delas não possibilitarem o ganho de novas milhas o custo é extremamente baixo em relação ao valor das próprias companhias.

Se considerar que não poderá utilizar as milhas para sua próxima viagem, procure uma empresa do ramo e venda suas milhas. Conforme a quantidades a ser vendida, a validade e o programa de fidelidade pertencente, ex. Smiles Gol, Tudo Azul e Fidelidade TAM, você poderá lucrar muito.

Milhas aéreas: verifique como resgatar os pontos

Nunca fique em dúvidas com relação à troca de pontos por milhas aéreas. Muitas grandes empresas já foram notificadas pelo Ministério da Justiça pelas dificuldades encontradas pelo cliente para utilizá-las, principalmente por não esclarecer devidamente os usuários sobre a maneira correta de trocá-lo e prazos de validade.

Sempre que lhe surgir alguma dúvida, procure a companhia de suas milhas, a operadora do seu cartão de crédito ou mesmo a nossa empresa para resolver o problema e conquistar o direito ao benefício.

(Veja também: Como resgatar e transferir os ponto do cartão para o programa de milhagem desejado)

Milhas aéreas: não espere para trocar

Algumas vezes não compensa trocar suas milhas por passagens. Por exemplo, um trecho de viagem curto poderá não ser compensador para essa troca. Então, você pode optar por vender as milhas que possui e, com o dinheiro, comprar a passagem. Considere

Veja sempre o que mais compensa e não perca dinheiro nem milhas aéreas.

Milhas aéreas: mantenha o controle

Uma das maneiras mais fáceis de manter o controle de suas milhas aéreas é concentrar todas as compras num só cartão de crédito. Se você tem mais de um cartão de crédito, veja qual é o que lhe oferece mais vantagens e opte por fazer compras só com ele. Isso vai facilitar sua vida, mesmo porque poderá fazer um melhor planejamento para o pagamento de contas.

E também irá facilitar o controle de milhas que você possui, podendo acompanhar a validade delas através em um só local.