5 casos em que vender milhas é bem melhor


Você sabia que pode ser mais vantajoso vender as suas milhas? É possível ainda lucrar muito mais vendendo as milhas que apenas acumular para utilizar nas suas viagens. Em alguns casos é até mais lucrativo, por isso, saiba de 5 casos em que vender milhas é bem melhor.

5 casos em que vender milhas é bem melhor

As milhas que se acumulam com viagens, com a compra de produtos nas lojas parceiras e mesmo comprando para complementar o seu saldo são excelentes recursos para viajar mais e mais. Apesar de muitas pessoas as utilizarem para esse fim, há casos em que não é uma boa investida utilizá-las viajando. O melhor a fazer é vender!

Mas, é sempre bom vender? Não. Há apenas alguns momentos em que é bem melhor vender que utilizar viajando. Em outros momentos, é bom utilizar nas viagens. Então, saiba destes 5 casos de maior vantagem para a venda de suas milhas e aproveite melhor suas milhas e pontos!

5 casos em que vender milhas é bem melhor!

1 – Quando estiverem para vencer a validade das suas milhas

Neste caso, é bem melhor vender as milhas que pagar mais caro para utilizá-las por causa da sua validade. Quase sempre, não traz vantagem nenhuma comprar uma passagem só para não perdê-las. Você sairá gastando mais dinheiro se fizer isso. O certo é analisar as milhas que estão para vencer e aproveitar as promoções, se aparecerem durante esse período, se não, venda-as! Mas fique atento, quanto mais próximo do vencimento, menos valem as milhas.

2 – Quando a emissão da passagem de milhas traz muitas confusões

Ao emitir uma passagem aérea usando as milhas acumuladas, você não tem escolha de horários, dias e pode ter várias escalas. É o que aparece lá e pronto! Embora você aproveite o uso das milhas, você terá um deslocamento muito prolongado, um percurso extenso e os horários conflitantes com os seus compromissos. Para evitar essa situação, venda suas milhas e crie o seu próprio roteiro de viagens. Pode ser mais econômico vender as milhas e comprar novas passagens, principalmente passagens econômicas.

3 – Viagens com alto valor de milhas

Quando se faz a pesquisa de viajar com milhas no site da companhia aérea, o mais recomendável é aproveitar as promoções. Fora isso, os valores pedidos para viajar utilizando as milhas podem ser altos. Muitas vezes, é melhor pagar a passagem aérea (e acumula mais milhas), pois sai mais barato. Neste caso, a venda de milhas pode lhe fornecer uma passagem aérea para aquele destino que com milhas, não é possível!

4 – Cada caso é um caso

O melhor a fazer é verificar todas as situações, pois cada caso é um caso. Não saia vendendo suas milhas por aí, sem avaliar se isso lhe trará retorno melhor ou não e tão pouco deixe de pesquisar sobre a empresa para quem escolher vender. A ideia não é perder dinheiro e muito menos, milhas. Analise quanto a empresa poderá pagar ao vender a quantidade de milhas que você possui. Se for um valor muito inferior, então, é melhor acumular milhas e viajar! Conheça como está os valores e opções nas companhias aéreas antes de tomar qualquer decisão.

5 – Quando o objetivo não é viajar e você prefere o dinheiro

Há momentos em que seu objetivo é simplesmente ganhar dinheiro e não viajar. Por isso, se você não tem planos de utilizar suas milhas acumuladas para realizar uma viagem, e está precisando de dinheiro, então sem dúvida venda suas milhas. O ideal é fazer uma cotação entre as principais empresas de vendas de milhas e verificar a melhor oferta, a seriedade da empresa. Nunca forneça sua senha de resgate sem antes receber o valor combinado.

Aqui na CSM além de termos 14 anos de tradição na compra de milhas das companhias GOL, AZUL e TAM, após entrarmos em acordo com o cliente sobre a venda, valores… primeiro pagaremos você e somente após isso os dados de resgate das milhas são solicitados.

Boas vendas!